RESENHA - PAX | SARA PENNYPACKER

RESENHA-PAX-SARA-PENNYPACKER (1)

Editora: Intrínseca
Páginas: 288
Gênero: Ficção
Ano: 2016
Sinopse: Peter e sua raposa Pax são inseparáveis desde que ele a resgatou, órfã, ainda filhote. Um dia, o inimaginável acontece: o pai do menino vai servir na guerra, e o obriga a devolver Pax à natureza. Ao chegar à distante casa do avô, onde passará a morar, Peter reconhece que não está onde deveria: seu verdadeiro lugar é ao lado de Pax. Movido por amor, lealdade e culpa, ele parte em uma jornada solitária de quase quinhentos quilômetros para reencontrar sua raposa, apesar da guerra que se aproxima. Enquanto isso, mesmo sem desistir de esperar por seu menino, Pax embarca em suas próprias aventuras e descobertas. Alternando perspectivas para mostrar os caminhos paralelos dos dois personagens centrais, Pax expõe o desenvolvimento do menino em sua tentativa de enfrentar a ferocidade herdada pelo pai, enquanto a raposa, domesticada, segue o caminho contrário, explorando sua natureza selvagem. Um romance atemporal e para todas as idades, que aborda relações familiares, a relação do homem com o meio ambiente e os perigos que carregamos dentro de nós mesmos.

RESENHA-PAX-SARA-PENNYPACKER (4)

Pax é o tipo de leitura que encanta, ensina e emociona. 

É bem difícil falar muito mais sobre o livro sem contar spoilers. Amo livro narrado – mesmo que parcialmente – por uma raposa, mas assim como todas as histórias com animais fofos e amorosos, acabei apaixonada por Pax e por sua história sobre confiança e amor sem medida - e que amor. Ao falar sobre amizade, relações familiares, recomeços e as dolorosas consequências deixadas pela guerra, Sara Pennypacker criou uma história única e extremamente especial. A narrativa é intercalada entre a visão de Peter e Pax.

Além de trazer uma bela jornada de reencontro e falar sobre temas complexos como a guerra, o livro também traz belíssimas lições de amadurecimento, perdão e recomeço. É uma história que você pode ler com o seu filho e que também pode dar de presente para homens e mulheres de qualquer idade. Trata-se de uma história real, emocionante e que traz uma amizade que supera ás barreiras e as imposições da guerra. Amei, muito. Inclusive chorei muito também, já fiquei triste com a foto de retrata o início da história. (foto acima)

Para quem busca uma história tocante contada de forma leve e fluída, Pax com certamente é leitura indicada.

RESENHA-PAX-SARA-PENNYPACKER (3)

Pax se passa em um contexto de guerra e rivalidade, tanto entre humanos como entre humanos e animais. E pax em francês significa paz. Não tenho dúvidas sobre o quanto esse nome tão simples é muito representativo para a história do livro.

Compre o livro Pax clicando aqui. 

Leia também Como Ser Uma Parisiense em Qualquer Lugar do Mundo.

You Might Also Like

0 comentários